terça-feira, junho 27, 2006

Segredaram-me

Segredaram-me ao ouvido
que o brilho do sol nao ofusca
que a noite nao se fez manto;
que afinal o mundo nao gira
e que o tempo nao leva tanto.

Ouvi suspiros de ansiedade
que julgavam o mar um deus,
que olhavam o rio com saudade.

Mas no meio da tempestade
no olhar so cabia
um adeus...


Foi bom enkanto durou....

1 comentário:

Susana disse...

Nunca digas adeus a nda.."pk tudo akilo o k e realmente nosso,nunca se vai para sempre..." e deixar passar o tempo,e ver o k acontece.Ker seja bom,ker seja mau...:P

Tou inspirada:P lolol

bj gnd maezinhaaaaaaaaaaaaaaaaaa:)))